Rua Ernesto Moreira, Caldas da Rainha

Como fazer os seus infográficos combinarem com a sua linguagem visual

Tudonumclic - Infográficos

Os infográficos são uma maneira envolvente de fornecer informações de forma rápida e eficaz, seja ao criar infográficos para o seu blog ou tutoriais visuais para os seus produtos. Mas se o design do seu infográfico for inconsistente ou variar muito, os seus infográficos podem estar a fazer apenas metade do trabalho. Os infográficos servem para informar, sim, mas também são uma maneira da sua Marca cultivar um relacionamento com as pessoas, para tornar-se o seu principal recurso de informação. Se os seus infográficos não tiverem uma linguagem visual unificada, será difícil para as pessoas reconhecerem o seu conteúdo, familiarizarem-se com ele e, o mais importante, procurá-lo.

A sua linguagem visual inclui design de infográficos?

Acima de tudo, uma linguagem visual (também conhecida como a sua identidade visual) é uma ferramenta para comunicar a identidade da sua Marca, para mostrar às pessoas a sua personalidade e seduzi-las a envolverem-se consigo. Existem muitos elementos de design que ajudam-no a fazer isso. Desde o seu logotipo e tipografia às suas cores e iconografia, cada elemento serve a um único propósito. Juntos, eles criam uma poderosa linguagem visual que cultiva a familiaridade com a sua Marca.

Consistência e uniformidade são os segredos de uma linguagem visual forte; assim, todo o conteúdo que criar deve refletir a sua linguagem visual. Isso é especialmente verdadeiro quando se trata de infográficos, que são inerentemente uma das formas mais visuais de comunicação. Mas como garante precisão e consistência nos seus infográficos? Aqui estão cinco etapas para garantir que todos os seus infográficos reflitam a sua linguagem visual.

1 – Considere todas as suas aplicações de infográfico

Os infográficos são uma ferramenta de comunicação fantástica que pode ser usada de várias formas. Pode criar infográficos editoriais para gerar reconhecimento da Marca, mini-infográficos para interagir nas redes sociais, infográficos interativos para criar experiências imersivas, tutoriais visuais para explicar processos ou produtos, e a lista é contínua.

O seu objetivo é criar uma linguagem visual flexível que possa ser adaptada para todos os tipos de aplicações. Assim, o primeiro passo é saber o que são (e para quem foram criados). Também é importante considerar os ambientes em que os infográficos vivem ou irão viver para que a sua linguagem visual considere várias necessidades ou limitações tecnológicas.

Dê uma olhadela em todos os tipos de infográficos que cria atualmente. Como usa infográficos atualmente? Como pode usá-los no futuro? Existem formatos que gostaria de experimentar? Quando chegar a hora de projetar a sua linguagem visual, essas informações serão inestimáveis.

Exemplo: De infográficos a publicações impressas, o Google possui diversos aplicativos para design de infográficos, todos devem aderir à sua linguagem visual.

Tudonumclic - Google Collage
Google Collage

2 – Identifique os elementos da linguagem visual do seu infográfico

A sua Marca já deve ter uma linguagem visual básica desenhada. Isso geralmente inclui coisas como o logotipo, cores, tipografia, etc. Todos esses elementos serão aplicados ao design do seu infográfico, mas também há elementos adicionais a serem considerados . (Se já fez a sua pesquisa e visualizou os diferentes tipos de infográficos que cria, deve ser capaz de identificar os elementos padrão que precisa considerar.) Isso inclui coisas como:

  • Dimensões
  • Cabeçalhos
  • Subtítulos
  • Textos explicativos
  • Citações
  • Ícones
  • Ilustrações
  • Formatação de origem
  • Elementos interativos (se aplicável)

Ao projetar a sua linguagem visual, considere as diferentes ferramentas usadas para criar infográficos em toda a sua organização. Por exemplo, pode ter apresentações criadas no PowerPoint, enquanto a sua equipa de criação usa Illustrator, Photoshop ou After Effects para produzir materiais publicitários ou de marketing. Isso pode representar um desafio no desenvolvimento de um estilo consistente, pois os programas obviamente não têm recursos iguais.

Idealmente, irá desejar focar-se na simplicidade e na aplicação prática para que o software com menos recursos ainda consiga reproduzir a sua linguagem visual. (Também ajuda saber quais os erros comuns de design de infográfico que devem ser evitados para que possa fornecer orientações precisas e intuitivas.)

3 – Siga as práticas recomendadas para a visualização de dados

Um bom design de dados torna mais fácil para o leitor consumir, compreender e sintetizar os dados. Por outro lado, um mau design de dados pode, na verdade, informar e deturpar os dados, prejudicando a experiência do leitor e a credibilidade da sua Marca. Portanto, é imperativo que o seu design de dados não apenas adira à sua linguagem visual, mas também siga as práticas recomendadas de visualização de dados para coisas como tabelas, gráficos, etc.

Dito isto, sabemos que o design de dados é uma habilidade com a qual até designers experientes podem ter algumas dificuldades.

Exemplo: pequenas coisas como a ordem do gráfico ou a distância entre as barras em um gráfico de barras podem fazer uma grande diferença. Como vemos neste infográfico, usar a assinatura vermelha do Google nos segmentos do gráfico de pizza é uma maneira subtil de marcar o gráfico enquanto melhora a compreensão.

Tudonumclic - Visual language infographics

4 – Crie o seu guia de estilo de Marca

Depois de determinar a linguagem visual do seu infográfico, adicione as diretrizes ao seu guia de estilo de Marca. Mais importante ainda, além das suas diretrizes gerais de design de infográfico, inclua exemplos do mundo real para torná-los mais fáceis de aplicar. Por exemplo, pode criar uma lista de verificação de infográfico para que os criadores de conteúdo possam verificar se cada elemento do infográfico está de acordo com a linguagem visual.

Depois de concluído, distribua as diretrizes para a sua equipa, certifique-se de que todas as questões pendentes foram abordadas e designe uma pessoa responsável para manter as diretrizes atualizadas.

5 – Considere modelos

Além de um guia de estilo com exemplos do mundo real, pode considerar a criação de modelos de infográfico. Essa pode ser uma escolha mais eficiente e econômica se a sua equipa for limitada no tempo, orçamento ou habilidades. Modelos simples podem garantir uma aparência consistente para todos os infográficos, independentemente do criador.

Se escolher esse caminho, certifique-se de que os seus modelos sejam criados por um designer qualificado e construídos com base em um sistema de design intuitivo que permita aos criadores adicionar, remover ou ajustar elementos com base no conteúdo.

(Lembre-se também de que o seu design nem sempre precisa ser complexo.)

Continue a educar a sua equipa

Lembre-se: ótimos infográficos começam com uma ótima ideia, acompanhada de uma ótima execução. Portanto, é importante equipar a sua equipa com conhecimento e ferramentas para obter sucesso em todas as etapas do processo de criação do infográfico.

Leave feedback about this

  • Quality
  • Price
  • Service
Choose Image
error: ©Direitos Reservados !!
Abrir chat
1
O que podemos oferecer-lhe hoje?
Scan the code
Suporte Tudonumclic
Olá,
Temos sempre alguém pronto para falar consigo. Em que podemos ajudá-lo?