Rua Ernesto Moreira, Caldas da Rainha

O que impulsiona a inovação privada em áreas rurais?

Tudonumclic - Investimentos no Mundo Rural

A inovação e o conhecimento intensivo nas pequenas empresas que crescem rapidamente são frequentemente descritas como o principal motor para o desenvolvimento das economias rurais dos países pós-socialistas, que enfrentam problemas de despovoamento, declínio da agricultura, base económica mono-estrutural, super exploração de recursos naturais e muitos outros. No entanto, ainda sabemos muito pouco sobre como a inovação privada surge num espaço subdesenvolvido ou como as atividades económicas de conhecimento intensivo podem operar com sucesso em pequenos municípios, fornecendo serviços quase não comerciais, infraestrutura básica ou potencial para redes locais.

Atualmente, as inovações são consideradas o principal motor do crescimento económico numa economia em conhecimento do século XXI. Mesmo as empresas bem estabelecidas devem inovar continuamente para sobreviver ao fenómeno da destruição criativa, causado por constantes mudanças tecnológicas.

A inovação também é uma condição prévia para o sucesso de novas e inovadoras startups e a sua capacidade de entrar em mercados emergentes. As economias nacionais também precisam de apoiar a sua competitividade e, assim, fornecer ferramentas exclusivas para apoiar o empreendedorismo baseado na inovação. A abordagem setorial da classificação da ação de inovação privada resultou na criação do conceito de empreendedorismo de conhecimento intensivo, um novo fenómeno socioeconómico que eleva a dinâmica do crescimento económico, considerado uma fonte fundamental de competitividade macroeconómica e um potencial de inovação de um país.

Os empreendimentos de conhecimento intensivo (também referidos como KIF knowledge intensive firms ) são empresas inovadoras, em que uma intensidade significativa de conhecimento pode ser observada (tecnológica ou organizacional) e que utilizam oportunidades inovadoras. Portanto, pode-se esperar que essas empresas estejam mais motivadas a tomar decisões de localização próximas a fontes significativas de novos conhecimentos relevantes para seu setor.

No entanto, supõe-se que, mesmo no caso de pequenos municípios rurais localizados em regiões subdesenvolvidas, exista um certo nível de dinâmica de inovação. A literatura sobre inovação regional, no entanto, focou-se principalmente no espaço urbano. Muitos estudos concluem que a atividade de inovação no espaço rural é significativamente menor do que no espaço urbanizado.

Esse nível mais alto de dinâmica de inovação no espaço urbano é geralmente considerado o resultado de efeitos de aglomeração, que não podem ser alcançados em municípios rurais. O empreendedorismo rural fornece a criação de valor com base na utilização de recursos específicos de determinado ambiente rural. Müller et al. (2015) fizeram a distinção entre dois tipos de empreendedorismo que utilizam recursos rurais – o empreendedorismo no meio rural e o  empreendedorismo rural.

O primeiro conceito representa as atividades de negócios com integração limitada às redes locais, que fornecem lucros e lógica do espaço móvel. O segundo conceito destaca atividades empresariais que atraem recursos locais para criar valor agregado num negócio, profundamente enraizado na configuração do espaço rural. Na verdade, o aspecto espacial do empreendedorismo rural desempenha um  papel crucial, pois o espaço envolve o aprimoramento da criação de valor agregado, a agregação de valor aos recursos locais existentes e o desenvolvimento da qualidade de vida em áreas rurais específicas.

Assim, o empreendedor rural é um empreendedor localmente incorporado, que formou uma empresa para utilizar recursos locais e, muitas vezes, também para resolver problemas locais específicos, apoiar os processos de desenvolvimento na localidade e gerar novas oportunidades de emprego. Sendo que, o empreendedorismo rural é o resultado da utilização de recursos naturais, culturais, históricos, humanos, sociais e financeiros de um determinado assentamento rural específico.

A inovação no espaço rural parece ser relativamente rara, pois as empresas rurais têm gerentes, técnicos e profissionais mais qualificados e instruídos e custos de transação mais altos para obter acesso a serviços e redes à distância. As empresas rurais tendem a ser menos orientadas para o crescimento, as novas empresas no espaço rural são mais encontradas pela necessidade do que pela  utilização da oportunidade e são baseadas na família e nos modelos de negócios de várias gerações, não dispostos a correr riscos.

Da perspectiva da política, as áreas rurais ainda são altamente entendidas como principalmente  agrícolas, enquanto a quantidade substancial de incentivos estatais para o desenvolvimento das regiões rurais se concentra em tecnologias de economia de custos para o desenvolvimento de empresas agrícolas. Nas atuais condições europeias, o emprego na agricultura ainda continua a diminuir, o que impôs aos formuladores de políticas a tarefa de encontrar o caminho, como aumentar a diversidade das economias rurais. 

Portanto, precisamos fornecer aos formuladores de políticas uma melhor compreensão dos obstáculos enfrentados pelas empresas rurais em termos de entrega e adoção de inovação.A motivação subjacente deste estudo é entender os aspectos básicos do empreendedorismo inovador nas regiões rurais eslovacas, para obter as informações necessárias para a conceitualização da análise quantitativa em âmbito nacional do fenómeno da inovação rural. Foram utilizadas informações detalhadas sobre as atividades de inovação de 14 empresas localizadas em municípios da região de Nitra que responderam à pesquisa efectuada.

Todas essas empresas estão localizadas em municípios que estão em condições eslovacas classificadas como “aldeias”, portanto, abaixo de 5000 cidadãos. Como se pretendeu  investigar empreendimentos de conhecimento  intensivo  com impacto económico visível, o foco foi apenas em pequenas e médias empresas, consideradas a espinha dorsal de todas as  economias nacionais devido à sua volumetria na economia, alto impacto no emprego, resposta flexível a oportunidades de inovação ou estabilidade durante as flutuações económicas.

Nas condições de uma “aldeia”, os empreendimentos com conhecimento intensivo perdem a  infraestrutura necessária, serviços, co-localização com outros empreendimentos inovadores e muitos outros aspectos da localidade que são considerados uma condição prévia básica da ação de inovação no setor privado.

Foi observado que tipo de inovação esses empreendimentos foram capazes de oferecer, qual era a natureza dessas inovações, que tipo de cooperação era uma pré-condição para a entrega de inovações, quais os  aspectos do ambiente de “aldeia” foram utilizados para oferecer inovação e qual o papel da residência dos proprietários e do modelo de negócios da família na decisão da localização de empreendimentos inovadores, pois o empreendedorismo rural deve de ser incorporado à vida rural.

Devido às condições de localização, a economia rural tradicional é caracterizada por uma baixa produtividade devido aos baixos níveis de atividade de inovação. O que causa problemas de desenvolvimento rural, que resultam no seu declínio gradual e a perda do seu potencial de desenvolvimento.

O ponto de partida dos esforços políticos para apoiar o desenvolvimento das áreas rurais é o modelo da nova economia rural baseada na inovação, redes de comunicação e pequenas e médias empresas. O principal objetivo deste artigo é obter, com base em estudos de caso de 14 empresas, as informações necessárias para compilar hipóteses sobre os fatores que influenciam a decisão das pequenas e médias empresas de setores com conhecimento intensivo, para tomar as decisões da localização em pequenos municípios de uma região rural.

Segundo, foi investigado qual é a natureza das inovações concretas que surgiram nos últimos 3 anos na região escolhida e analisado os motivos e condições para a  sua criação e desenvolvimento. Assim, este estudo tem um caráter de caso regional sobre a oferta de inovação rural no setor privado, que trará conhecimento valioso sobre as especificidades da ação de inovação privada nos municípios rurais menores.

Foi optado por analisar a região rural NUTS III de Nitra, na Eslováquia, que, de acordo com sua tradição agrária, é um exemplo perfeito de economia regional na transição da agricultura para atividades com maior valor agregado. Como já foi referido, foi decido investigar-se apenas as empresas localizadas nas “aldeias”, a fim de observar se a inovação também pode aparecer em áreas que parecem estar “em branco” na perspectiva da disponibilidade de serviços de negócios, aconselhamento, conhecimento através de várias redes locais, aglomerados e infraestruturas necessárias.

Adoptou-se abordagem da pesquisa qualitativa, pois o objetivo do estudo é formular hipóteses, não testá-las. Os dados primários foram obtidos por meio de questionário. Primeiro, identificando todas as empresas que podem ser consideradas de conhecimento intensiv (fabricação e serviços) no nível da região investigada usando o “Registo de unidades institucionais na Eslováquia” (Ellis) para o ano de 2019. Em seguida, filtrou-se apenas as pequenas e médias empresas  desses setores de conhecimento  intensivo, localizadas em municípios com menos de 5.000 habitantes (“aldeias”).

Utilizou-se a metodologia do Eurostat (2013) para a classificação setorial de atividades de conhecimento intensivo  para filtrar os sectores de manufactura intensiva e serviços de conhecimento intensivo. Surpreendentemente, encontrou-se apenas 69 empreendimentos que atendem a esses critérios, solicitados a fornecer informações sobre as  suas atividades de inovação por meio de questionário. O questionário consistiu em 4 perguntas fechadas, 20 semi-fechadas e 4 abertas.

Do ponto de vista estrutural, o questionário pode ser dividido em três partes – informações básicas sobre empreendedor, monitor de inovação e condições rurais para administrar negócios inovadores. O monitor da inovação foi construído com base na metodologia comunitária de pesquisa sobre inovação. O “Inquérito Comunitário à Inovação” (CEI) é uma estatística da inovação, que faz parte das estatísticas científicas e tecnológicas da UE. Os inquéritos são realizados pelos Estados-Membros da UE numa base bienal (Eurostat 2020).

A abordagem qualitativa que se adoptou para obter o conhecimento básico sobre as atividades privadas de inovação num ambiente tão específico, como são os pequenos municípios rurais,  ajudou a formular várias hipóteses a serem testadas em futuras respostas nacionais de empresas rurais de conhecimento intensivo.

Este estudo é limitado em âmbito geográfico, uma vez que todas as regiões NUTS III do país têm um potencial diferente para o desenvolvimento rural, portanto, também sobre uma pequena população de PMEs forma sectores de conhecimento  intensivo disponíveis na região no ano de 2019 para um estudo de caso mais aprofundado e, finalmente, ainda se deve de admitir que a filtragem de fatores económicos inovadores em base sectorial não  fornece nenhuma pré-condição real de produção de inovação nesses empreendimentos.

As empresas de sectores de conhecimento  intensivo tendem a ser encontradas em oportunidades concretas de inovação. As oportunidades globais e locais específicas podem ser, devido à esta pesquisa, como uma condição prévia para a administração de negócios de conhecimento intensivos nas áreas rurais. Aqui chegamos ao conceito de Müller et al. (2015), que distinguiam entre empreendedorismo no meio rural e o  empreendedorismo rural.

Descobriu-se que o ambiente rural gera muitas oportunidades locais diferentes para ações de inovação (por exemplo, uso de potencial natural específico, falta de infraestrutura, o que é relativamente comum nas cidades, oportunidades relacionadas às necessidades do setor agrário, etc.). Assim, esses empreendimentos podem ser facilmente marcados como empresas rurais, pois, no caso dessas empresas, foram observados laços mais ricos (geralmente informais) na localidade e região e também interesses para apoiar iniciativas locais de desenvolvimento. Muitas vezes, existe a intenção do empresário de morar na localidade onde as empresas de conhecimento intensivo tem assento.

A intenção de administrar negócios, a fim de gerar renda para vários membros da família, parece ser outro motor do crescimento de atividades de conhecimento intensivo nas áreas rurais. Além dos benefícios, essas empresas costumam empregar membros da família, elas representam uma fonte significativa de oportunidades de emprego para capital humano educado, cuja retenção é muito crucial para o desenvolvimento das áreas rurais.

Por outro lado, também se encontrou  “empresários em campo”, que administram negócios em vez de oportunidades globais, embora esses empreendimentos frequentemente realojavam a  sua produção do espaço urbano para o espaço rural, a fim de reduzir custos, sem criar laços locais intensivos. No entanto, parece que a proximidade espacial das concentrações de indústrias na cidade parece ser crucial para elas em caso de repetida decisão de localização.

No caso das empresas rurais e das empresas no meio rural, a cooperação com outros fatores económicos, mesmo em distâncias maiores, parece ser crucial. Ambos os tipos de empreendimentos inovadores e de conhecimento intensivo, também precisam manter  relações estreitas com o governo local e, principalmente, com o presidente do município, o que aponta na expectativa de que várias necessidades do empreendedor no município rural possam ser resolvidas devido a relacionamentos informais com partes interessadas nos locais importantes.

Encontrou-se algum apoio para a hipótese muitas vezes testada de que atividades de conhecimento intensivo precisam de ser alojadas próximas a fontes significativas de conhecimento. Mesmo no espaço rural, vários entrevistados mantiveram relacionamento com o setor académico alojado na cidade central de uma região.

Não se espera encontrar apoio para as  hipóteses que a dinâmica de produção da inovação é significativamente maior no espaço urbanizado, pois de 14 empresas que responderam à  pesquisa, 8 entregaram inovação nos últimos três anos. Portanto, a ideia de que as empresas rurais tendem a não correr riscos, possivelmente não é mais válida na segunda década do século XX. Também se encontrou  algum suporte para hipóteses futuras, de que a inovação de produtos e serviços é frequentemente uma pré-condição, respectivamente. impulsionadora do surgimento de processos de suporte ou de inovações de marketing (…).

Portanto, recomenda-se levar em consideração, no caso de novas pesquisas quantitativas, que os negócios rurais inovadores possam ser afetados pela natureza da comunidade local, laços locais específicos, disposição dos membros da família de trabalhar numa “empresa familiar”, recursos locais específicos, disponibilidade de capital humano de alta qualidade em determinados assentamentos rurais ou desafios locais específicos.

Tradução parcial e adaptada do artigo “What Drives the Private Innovation in Rural Areas? In-Depth Case Study of Slovak Rural Region” de Hrivnák Michal – Department of Regional and Rural Development, Faculty of European Studies and Regional Development, Slovak University of Agriculture, Trieda Andreja Hlinku, Roháˇciková Ol’ga – Department of Public Administration, Faculty of European Studies and Regional Development, Slovak University of Agriculture, Trieda Andreja Hlinku e Schwarcz Pavol – Department of European Policies, Faculty of European Studies and Regional Development, Slovak University of Agriculture, Trieda Andreja Hlinku

5 /5
Based on 1 rating
100%
100%
100%

Reviewed by 1 user

    • 2 meses ago

    XE

    Wow, superb blog layout! How lengthy have you been blogging for?
    you made blogging look easy. The full glance of your site is great, as
    smartly as the content! You can see similar here najlepszy sklep

      • 2 meses ago

      Thank you very much for your comment
      We strive hard to share the best information with visitors. Visit us often

Leave feedback about this

  • Quality
  • Price
  • Service
Choose Image
error: ©Direitos Reservados !!
Abrir chat
1
O que podemos oferecer-lhe hoje?
Scan the code
Suporte Tudonumclic
Olá,
Temos sempre alguém pronto para falar consigo. Em que podemos ajudá-lo?