Rua Ernesto Moreira, Caldas da Rainha
0

Carrinho

Proibir ou regular: o mundo procura uma forma de lidar com cripto moedas.

Tudonumclic - Cripto Moedas

A China proíbe cripto moedas. A República Centro-Africana está a tornar a Bitcoin uma moeda legal. Enquanto isso, a UE não exigiu que a indústria de criptomoedas fosse mais sustentável: os conservadores e a direita impedem o parágrafo exigido pelos social-democratas. O mundo está dividido sobre como lidar com as cripto moedas. Os proponentes apontam para a segurança e independência – os críticos, ao alto consumo de energia e ao combate à lavagem de dinheiro e evasão fiscal.

Tudonumclic - Segredos no sucesso dos negócios

Proibir ou regular?

As frentes a favor e contra as criptomoedas estão cada vez mais endurecidas. Para alguns, é um meio de pagamento extremamente seguro e independente. Para outros, é um assassino climático e uma licença para a evasão fiscal, a lavagem de dinheiro e o crime organizado. Às vezes não há uma solução unificada: o mundo ainda está á procura de uma maneira para lidar com as cripto moedas.

China, Egito e Irão proíbem as criptomoedas – A República Centro-Africana permite a Bitcoin como moeda legal.

A China proibiu o comércio, troca e mineração de cripto moedas em 2021. O governo justifica a proibição com as consequências prejudiciais para o clima e o meio ambiente. Por exemplo, produzir, negociar e pagar com Bitcoin`s consome mais energia anualmente do que a Finlândia e os seus 5,5 milhões de habitantes.

Egito, Tunísia, Marrocos, Iraque, Bangladesh e Argélia – cada vez mais países estão a seguir o exemplo da China. Em 42 outros países – incluindo Bahrein, Bolívia e Equador – já existem leis que equivalem a uma proibição indireta. Entre outras coisas, esses governos proibiram o comércio de criptomoedas.

Em El Salvador, no entanto, os Bitcoin`s já são uma moeda legal. Foi o primeiro país do mundo a aprovar a cripto moeda como meio oficial de pagamento. O presidente Bukele quer usá-la para atingir os 70% da população que não tem uma conta bancária. Bukele também pretende atrair investidores estrangeiros.

Seguindo os passos de El Salvador, a República Centro-Africana agora também permite a Bitcoin como meio oficial de pagamento. O gabinete do presidente Faustin-Archange Touadéra fez esse anúncio no final de abril.

Europa: conservadores e “direitistas” impedem um parágrafo de sustentabilidade.

Desde que o Facebook anunciou oficialmente a sua própria criptomoeda (Diem) em 2020, a União Europeia tem ponderado em como lidar com moedas digitais. Atualmente, a UE está a negociar um pacote regulatório (MiCA) para regular o mercado financeiro digital. Entre outras coisas, o pacote visa proteger os consumidores e evitar oportunidades de evasão fiscal e lavagem de dinheiro.

O parágrafo de sustentabilidade da criptomoeda exigido pelos socialistas e verdes europeus foi bloqueado pelos conservadores numa votação no Parlamento da UE em Março. O novo texto não contém praticamente nenhum compromisso com a sustentabilidade e deixa muito espaço para várias interpretações devido à redação um pouco vaga. “O texto alternativo é puro colírio e deixa sem resposta as consequências desastrosas da crescente fome de energia nesta indústria”, disse Jonás Fernández, porta-voz da S&D para assuntos econômicos e monetários.

“O TEXTO ALTERNATIVO É PURA LAVAGEM E DEIXA SEM RESPOSTA AS CONSEQUÊNCIAS DESASTROSAS DA CRESCENTE FOME DE ENERGIA DESTA INDÚSTRIA”

JONÁS FERNÁNDEZ, porta-voz da S&D PARA ASSUNTOS ECONÔMICOS E MONETÁRIOS.

O Parlamento da UE adaptou o texto revisto do pacote regulatório do MiCA em 14 de março. Agora o texto vai para o “trílogo”, uma rodada formal de negociações entre a Comissão da UE, o Conselho e o Parlamento da UE. Isso faz parte do processo legislativo da UE.

Uma única transação Bitcoin consome 1,5 milhão de vezes mais do que uma transação VISA.

A mineração de cripto moeda é extremamente intensiva em energia. É porque a mineração de Bitcoin`s ou outras cripto moedas requer muito poder de computação. Como resultado, a chamada mineração consome mais energia do que países como Áustria, Suíça ou Portugal. Isso é mostrado pelo índice “Cambridge Bitcoin Electricity Consumption”. De acordo com isso, a rede Bitcoin consome cerca de 22.315 terawatts-hora anualmente. Isso equivale a 0,59% do consumo mundial de eletricidade.

A origem dessa energia nem sempre é totalmente clara: os analistas estimam a participação das energias renováveis ​​em valores entre os 20% e 70%. O restante correspondente vem de usinas de carvão, gás ou nuclear.

Acima de tudo, não apenas a mineração, mas também o pagamento com cripto moeda consome uma quantidade extremamente grande de energia. Por exemplo, a pegada de carbono de uma única transação de Bitcoin é equivalente a um voo transatlântico de Londres a Nova York. “Isso é 1,5 milhões de vezes a energia consumida por uma transação VISA”, critica Eero Heinäluoma, eurodeputado socialista.

5 /5
Based on 2 ratings
100%
100%
100%

Reviewed by 2 users

    • 4 meses ago

    KH

    Wow, superb blog structure! How long have you been blogging for?
    you made blogging glance easy. The overall glance of your
    site is excellent, as well as the content material! You can see similar here najlepszy sklep

      • 4 meses ago

      Thank you very much for your comment.
      We try hard to offer the best information.
      Always come back

    • 4 meses ago

    NL

    Wow, marvelous blog layout! How long have you ever been running a blog
    for? you made blogging glance easy. The total look of your web site is magnificent, let alone the content material!
    You can see similar here sklep online

      • 4 meses ago

      Thank you for your comment
      Always come back
      We love sharing information

Leave feedback about this

  • Quality
  • Price
  • Service
Choose Image

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

error: ©Direitos Reservados !!
Abrir chat
1
O que podemos oferecer-lhe hoje?
Scan the code
Suporte Tudonumclic
Olá,
Temos sempre alguém pronto para falar consigo. Em que podemos ajudá-lo?