Rua Ernesto Moreira, Caldas da Rainha

Qual é a diferença entre vendas e marketing de conteúdo?

Tudonumclic - Problemas Tecnologicos Marketing

O marketing desempenha um papel poderoso na experiencia do comprador, mas só pode ser bem-sucedido se for usado da maneira certa, para as coisas certas. Infelizmente, as linhas entre marketing e vendas podem ser tênues, então pensámos em aproveitar a oportunidade para detalhar a diferença entre vendas e marketing de conteúdo para ajudá-lo a entender o papel único que cada um desempenha na experiencia do comprador – e garantir que está a fazer o conteúdo certo para cada um.

O que é marketing de conteúdo?

Uma palavra: charme. Marketing de Conteúdo é sobre encantar as pessoas. O marketing ajuda-o a apresentar-se ao mundo, mostrar-lhes quem é, envolver-se com eles sobre coisas que os interessam e construir um relacionamento a partir daí. Quando faz bem o marketing de conteúdo, naturalmente atrai as pessoas para o que quer que esteja a vender e para o tipo de empresa que está a construir.

Pense no marketing como o início de uma conversa para ajudá-lo a si e ao seu público a conhecerem-se. Não é recitar uma lista dos seus produtos e serviços, inundando-os com informações e gritando para eles COMPRAR AGORA! O conteúdo que as pessoas realmente gostam de partilhar – e o conteúdo que as publicações gostam de publicar – não é o conteúdo que diz o quão bom é. Em vez disso, é o conteúdo que aborda os pontos problemáticos do seu cliente, educa ou inspira-os. Resumindo, é um conteúdo que atende aos interesses do seu público, não aos seus.

Em última análise, as pessoas querem comprar a Marcas que conhecem, gostam e confiam. Se estiver a vender-lhes descaradamente, eles serão imediatamente desligados. Portanto, o seu marketing de conteúdo deve atender às necessidades, interesses, vontades e desejos deles. Encante-os desde o início e, se fizer isso bem, convencê-los a comprar (quando chegar a hora das conversas de vendas) será muito mais fácil.

Observação: quando falamos de marketing, não é apenas para os clientes que está a fazer marketing. Potenciais colaboradores também estão interessados em quem é, no que acredita e como trata os colaboradores, portanto, o marketing da sua Marca empregadora também deve ser levado em consideração.

O que é conteúdo de vendas?

Uma palavra: convencer. O conteúdo de vendas trata de convencer as pessoas de que é a melhor Marca para se trabalhar, os seus produtos e serviços são adequados para o comprador e o seu pessoal é uma boa opção.

Se fez um bom marketing, as pessoas irão ficar ansiosas para continuar as conversas que iniciou. Eles irão dar até o próximo passo para saber mais sobre o que faz, seja procurar os seus serviços, comparar produtos ou entrar em contato diretamente.

Marketing = Encante o seu público.
Vendas = Convencê-los a comprar.

O conteúdo de vendas é a sua oportunidade de reforçar a confiança e a credibilidade que espera cultivar neste momento por meio do marketing. Quer o seu conteúdo de vendas seja depoimentos, estudos de caso, estatísticas, prêmios etc., ele deve provar por que é a Marca certa para eles.

Como equilibrar as vendas e o marketing de conteúdo

Para recapitular, o marketing de conteúdo é partilhar a história da sua Marca, a sua visão e a sua perspectiva para envolver o seu público de maneira significativa. Deve mostrar quem é e mostrar a sua singularidade sem que precise dizer isso. O conteúdo de vendas é sobre vender às pessoas os seus produtos ou serviços. Deve comunicar porque que as pessoas devem, em última análise, dar-lhe a si, e não aos seus concorrentes, os seus negócios.

A coisa mais importante a lembrar é que a relação entre marketing e conteúdo de vendas depende de acertar o sequenciamento. Comercialize quando o seu público estiver nos estágios de marketing da sua experiencia e venda quando estiver pronto para ser vendido. Mas como faz isso?

1) Mapeie a experiencia do comprador.

O objetivo é sempre criar uma experiência de compra agradável do início ao fim – não mudar de marcha abruptamente. Para fazer isso bem, precisa de uma compreensão clara da experiencia do comprador e precisa saber o que dizer em cada etapa para mover o seu público sem esforço no caminho da compra.

Idealmente, o seu marketing envolverá e atrairá potenciais clientes que tenham interesse em trabalhar consigo. Então, as vendas podem tornar-se uma progressão natural e orgânica desse interesse.

2) Conheça as mensagens da sua Marca.

Esteja a criar conteúdo de marketing ou de vendas, deseja contar uma história consistente e coesa em todos os canais. Do seu Twitter, aos artigos do seu blog, à sua plataforma de vendas, o seu conteúdo principal deve ser alinhado e consistente. Assim, precisa de uma mensagem de Marca. Isto não significa que precisa usar uma cópia idêntica em todas as plataformas; isto significa que entende o seu slogan, a proposta de valor e os principais pontos de venda – e pode comunicá-los de maneira eficaz ao longo da experiencia do comprador.

3) Crie conteúdo de marketing que agregue valor.

Mais uma vez, concentre-se em encantar o seu público por meio de conteúdo que agregue valor a eles de alguma forma. Seja uma reflexão interessante, um tutorial ou até mesmo uma peça de entretenimento, quer que as pessoas sintam que o tempo gasto com a sua Marca (via conteúdo) vale a pena. (É por isso que criar personas de marketing e avaliar as suas ideias por meio delas é tão importante.)

8% dos profissionais de marketing B2B priorizam as necessidades de informação do público sobre a mensagem de vendas/promocional da sua organização.

Relatório de marketing de conteúdo B2B de 2022 do Content Marketing Institute

4) Crie o conteúdo de vendas que o seu público deseja.

Se o seu conteúdo de marketing for forte e fizer um bom trabalho de encantar possíveis clientes, o seu conteúdo de vendas não precisa ser forte. Com confiança simples, deve fornecer as informações que o seu público precisa e deseja – e entregá-las da maneira que desejam.

Por exemplo, o seu produto ou serviço pode ajudar diferentes públicos de maneiras diferentes. Pense em como o conteúdo de vendas pode precisar ser adaptado para cada grupo. E pense em como pode comunicar as informações de que eles precisam da forma mais eficaz possível.

Por exemplo, eles querem ler um folheto longo ou um vídeo explicativo de 30 segundos no seu website para os ajudar a a tomar uma decisão mais eficaz?

Lembre-se: não importa quão bom seja o seu conteúdo de vendas, se não dedicar um tempo para conectar-se verdadeiramente com o seu público nos estágios iniciais de marketing, não conseguirá convencê-los a apoiá-lo.

Observação: quando se trata de vender para os seus clientes existentes, tem mais liberdade para enviar conteúdo de vendas e marketing em conjunto. Como já se esforçou para encantá-los e convencê-los, não está a começar do zero. Mas eu alertaria contra constantemente atingi-los para comprar mais. Em vez disso, concentre-se na criação de conteúdo de marketing que os lembre por que eles foram atraídos para si em primeiro lugar.

5) Faça as vendas e o marketing falarem.

Criar uma experiência de conteúdo perfeita em toda a experiencia do comprador é um dos maiores desafios que as Marcas enfrentam, especialmente quando o marketing e as vendas estão isolados.

Fique de mente aberta e continue com experiencias

Em última análise, a realidade é que não há bala de prata no marketing; trata-se de jogar o jogo lento, especialmente em B2B. Uma parte do conteúdo de vendas ou marketing pode não ser a resposta mágica, mas se puder criar uma estratégia de conteúdo coesa, expansiva e adaptada ao seu público, poderá aumentar efetivamente as suas leads e vendas trimestre a trimestre.

Leave feedback about this

  • Quality
  • Price
  • Service
Choose Image
error: ©Direitos Reservados !!
Abrir chat
1
O que podemos oferecer-lhe hoje?
Scan the code
Suporte Tudonumclic
Olá,
Temos sempre alguém pronto para falar consigo. Em que podemos ajudá-lo?